Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #131 - Para Onde Ela Foi

by - quinta-feira, julho 23, 2015

Arquivo Pessoal.
Livro:Para Onde Ela Foi
Autora: Gayle Forman
Editora:Novo Conceito
ISBN:9788581635675
Páginas:239

"Um dia pode ter apenas vinte e quatro horas, mas às vezes passar por um parece tão impossível quanto escalar o Everest."

Sinopse:Já faz três anos que o amor de Adam salvou Mia após o acidente que mudou a vida dela. Três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre.
Vivendo agora em lados opostos do país, Mia é um talento em ascensão na Juilliard, a conceituada escola de música, e Adam é o típico astro do rock de Los Angeles, com direito a notícias nos tabloides e uma namorada-celebridade.
Quando Adam se vê sozinho em Nova York, o acaso reúne o casal mais uma vez. Por uma noite.

Antes de qualquer coisa preciso avisar que: se você ainda não leu Se Eu Ficar não leia essa resenha, pois possivelmente achará alguns spoilers.



"Ela partiu para Juilliard no dia seguinte ao Dia do Trabalho. Eu a evei até o aeroporto. Ela me beijou ao se despedir e me disse que me amava mais do que a vida em si. Então partiu.
Mia nunca mais voltou."


Confesso que fiquei bastante decepcionada com esse livro, na verdade eu esperava muito da história e acabei me afundando em um mar de expectativas frustradas.
Esse segundo livro é narrado pelo ponto de vista do Adam, e a história tem um salto no tempo de três anos, e consequentemente muitas coisas mudaram na vida do casal protagonista tudo em função da tragédia que abalou a família de Mia no primeiro livro.

"Mas levei um longo, longo tempo para acreditar.
Em alguns dias, eu ainda não acredito."

O primeiro livro termina no despertar de Mia. E o segundo livro começa em três anos depois desse acontecimento. Narrado pelo Adam a história para mim ficou bem chata, confesso que não consigo gostar tanto desse protagonista masculino, acho ele meio estranho, não sei definir muito bem meus sentimentos em relação a ele.
Arquivo Pessoal

"Mas há algo mais também. Uma pequena voz tentando atravessar, perfurar o rugido do nada. E a voz fica cada vez mais forte, e é a minha voz desta vez, fazendo uma pergunta: Como ela sabe?"

O livro começa com o Adam narrando sua vida de astro do rock, afinal agora a sua banda, a Shooting Star, é a maior banda do momento, e  todo esse sucesso aconteceu devido ao álbum que o Adam escreveu, a partir do momento em que a Mia deixou ele para trás.
Ele retrata no inicio da história a sua vida agora, solitário, sendo perseguido por jornalistas e paparazzis a todo o momento, com isso o Adam se tornou um cara perturbado, mulherengo e em uma entrevista ele acaba arrumando uma confusão com uma jornalista, isso acontece até o segundo capitulo mais ou menos, e é a partir dessa confusão que a história começa realmente.
O Adam tem uma relação complicada com basicamente todas as pessoas com quem vive, ele mal fala com os outros integrantes da banda, tem uma namorada mega popular que mal vê e ainda sofre com os sentimentos de abandono que sente em relação à Mia.

"Na frente da droga do mundo todo."

Depois de arrumar uma baita confusão com essa jornalista ele resolve não embarcar com a banda para Londres, local do próximo show deles, e depois de alguns acontecimentos Adam sai andando pelas ruas de Nova York e ao chegar em frente ao Carnegie Hall dá de cara com seu passa, na verdade ele dá de cara com uma placa que dizia  : CONCERTO PARA JOVENS APRESENTA MIA HALL.
Confesso que comecei a ficar animada quando cheguei nesse ponto , achei que a história iria dar uma melhorada, mas não aconteceu isso.
O Adam assiste ao conserto e no final alguém vem até ele em mando de Mia, e ele vai ao encontro dela.

"Há tantas coisas que eu gostaria de dizer a ela; acima de tudo, que eu sempre estive pronto."

Eles agem meio que no automático, frios, extremamente frios. Não posso contar o livro todo, vocês terão que ler para saber todos os detalhes, mas posso dizer que a partir desse encontro eles passam a noite juntos e depois possivelmente a vida inteira, mas a forma como a história se encaminhou me fez querer deixar a leitura pelo meio do caminho algumas vezes.
Mia e Adam mudaram muito nesses três anos, mas algumas explicações e muitas mágoas ficaram no caminho do romance desses dois e isso gerou um Adam cheio de questões mal resolvidas e uma Mia que só queria seguir com a vida, sem a sua família e sem a promessa do seu amor. Confesso que achei algumas coisas desnecessárias e que o final poderia ter sido mil vezes melhor.

"Aqui, neste palco, na frente de oitenta mil pessoas, está se tornando outra coisa.
Este é nosso novo compromisso."

Mas pra quem leu o primeiro livro eu indico muito esse, porque vai ser importante saber o final dessa história. E pra quem ainda não conhece também fica a dica, afinal de contas não é porque eu não classifiquei como um dos melhores romances que já li que você leitor não irá amar a história.

Beijinhos!!!

You May Also Like

4 comentários

  1. Eu AMO esse livro !
    Gayle Forman escreve super bem e consegue nos emocionar de uma forma que nenhum outro autor é capaz :)

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Eu fiquei bem animada para ler essa dulogia quando saiu mas acabei não lendo o primeiro e fui perdendo aos poucos o interesse. Muita gente assim como você não gostou... Acho que nem vou tentar ler
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o primeiro, nem vi o filme, mas pretendo ler logo logo.
    http://cholandaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro que quando terminei Se Eu Ficar eu quase fiquei louca pela continuação e eis que surge a continuação e eu perturbo todo mundo até que alguém compre pra mim e me dê de presente.
    Eu não achei a história cansativa, afinal passaram-se 3 anos e eles logicamente iam mudar e realmente pelo que eu via na história eu não criava expectativas para desanimar. eu gostei do livro, claro que não está nos meus preferidos mas foi uma leitura que me agradou bastante.

    ResponderExcluir