Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Um pouco sobre: Nicholas Sparks

by - quinta-feira, janeiro 24, 2013




Hoje decidi fazer um post sobre um dos escritores mais consagrados na atualidade por escrever romances muito famosos. Esse escritor é Nicholas Sparks.

Nasceu em Omaha, cidade do estado de Nebraska, nos Estados Unidos da América. Após se mudar algumas vezes para outros lugares, se estabeleceu em Fair Oaks, Califórnia, com oitos anos de idade. Durante o colégio se graduou como orador oficial e recebeu uma bolsa completa para a Universidade de Notre Dame.

Em Notre Drame, ele fez sucesso quebrando o recorde da escola, fazendo parte de uma equipe de revezamento como calouro. Porém ele se machucou e passou e verão em recuperação, e nesse tempo, escreveu seu primeiro romance, que nunca foi publicado. Acabou se formando em Finanças Empresariais na mesma universidade e logo se graduou.

Conheceu sua esposa Catherine nas férias de primavera, em 1988 e logo, em 1989, eles se   casaram. Nesse mesmo ano, quando vivia em Sacramento, ele escreveu seu segundo romance, que novamente não foi publicado. Nicholas seguiu os próximos três anos de sua vida trabalhando em vários empregos, como: avaliação imobiliária, servindo mesas e venda de produtos odontológicos por telefone, e começou seu próprio pequeno negócio de manufatura. Porém em 1990, ele colaborou com Billy Mills, medalhista de ouro olímpico, em um livro que foi publicado pela Feather Publishing e pela Random House, posteriormente re-publicado pela Hay House Books, mesmo tendo recebido pouca publicidade, as venda chegaram a 50.000 cópias no primeiro ano de lançamento.

Após tentar ganhar a vida vendendo produtos farmacêuticos, aos 28 anos, ele passou seis meses escrevendo "The Notebook". Em outubro de 1995, os direitos do livro foram vendidos para a Warner Books e em outubro de 1996 foi publicado. Depois desse livro, Nicholas publicou Message in a Bottle (1998), A Walk to Remember (1999), The Rescue (2000), A Bend in the Road (2001), Nights in Rodanthe (2002), The Guardian (2003), The Wedding (2003), True Believer (2005), At First Sight (2005), Dear John (2006), The Choice (2007), The Lucky One (2008), The Last Song (2009), Safe Haven (2010), The Best of Me (2011), e um livro de memórias, Three Weeks With My Brother (2004), todos com a Warner Books / Grande Publishing Central. Todos esss livros se tornaram best-sellers nacionais e internacionais, tendo quase 80 milhões de doláres em vendas no mundo todo, e traduzidos para mais de 45 idiomas. 

A versão cinematográfica de Message in a Bottle, estrelado por Kevin Costner e Robin Wright, foi lançado em 1999, A Walk to Remember, estrelado por Mandy Moore, foi lançado em 2002, e The Notebook, estrelado por Ryan Gosling e Rachel McAdams, em junho de 2004. Já o filme Noites de Tormenta, estrelado por Richard Gere e Diane Lane, foi lançado em 2008. Sendo um dos mais conhecidos, Dear John, estrelado por Channing Tatum e Amanda Seyfried, e The Last Song, estrelando Miley Cyrus e Greg Kinnear, foram lançados em 2010 com enorme sucesso de bilheteria. The Lucky One, estrelado por Zac Efron, foi lançado em 20 de abril de 2012.

Nicholas é um ávido atleta e faz exercícios físicos diariamente. Ele é contribuidor de várias instituições de caridade e é um dos principais contribuintes de um programa na Universidade de Notre Dame, onde fornece bolsa de estudos, estágios e bolsas anuais. Fundou junto a sua esposa, a Escola Epifania, em New Bern, na Carolina do Norte. Passou cinco anos treinando atletas de pista e de campo no colégio. Atualmente, ele vive na Carolina do Norte com a sua esposa e família.




Pesquisando, notamos uma enorme coincidência no site do Submarino. Nós vimos que somente hoje  está tendo uma super-promoção dos cinco principais livros do Nicholas Sparks no Submarino. Para conferir a promoção clique aqui. Lembrando que o link vai para promoção somente hoje. 

* Créditos ao Universe For Words

You May Also Like

2 comentários

  1. Amo de paixão as obras de Nicholas Sparks..

    ResponderExcluir
  2. Parei de gostar dele, depois de ler Querido Jonh, odiei esse livro.

    ResponderExcluir