Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #160 - Mentiras Que Confortam

by - quarta-feira, novembro 04, 2015

Livro: Mentiras Que Confortam
Autora: Randy Susan Meyers
Páginas: 320
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Cinco anos atrás...
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado.
Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero.
E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.
Hoje...Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante.
É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.
“Pensou que, se não falasse nada, silenciaria a dor do coração.”
Terminei mais um excelente livro e estou aqui mais para elogiar do que para resenhar, na verdade. Nunca imaginei que esse livro, que inicialmente eu não dava nada, fosse me conquistar de uma forma tão profunda quanto acabou acontecendo. Com um enredo impecável e personagens extremamente bem construídos, só tenho elogios a tecer dessa história.

A história gira em torno de três mães, dois pais e uma única criança. E ao decorrer da história tem alguns pequenos saltos de tempos. O grande ponto da trama são as mentiras que Nathan e os outros personagens foram criando e se envolvendo no decorrer das páginas. Com um triangulo amoroso entre Tia, Nathan e Juliette. De uma forma ou de outra a vida dessas pessoas se encontram ligadas aos longo dos anos por meio de mentiras e traições e pela vida de uma criança.

Tudo começa quando Nathan trai a esposa com Tia, e ela acaba ficando grávida, e ele sugere que ela aborte o bebê, mas isso não acontece, porque ela acaba tendo a bebê e dando para a adoção. Enquanto isso ele se sente culpado pela traição e confessa a verdade para a própria esposa, que mesmo magoada resolve perdoá-lo em bem da própria família que eles construíram.

Ai entra na história os pais adotivos da bebê, que são Caroline e Peter, que por motivos não puderam ter filhos e resolveram adotar uma linda garotinha. E eles acabam sendo os escolhidos por Tia para criar a pequena Savannah, com a condição de que eles enviassem fotos dela sempre para a mãe. Tudo ia bem até que um dia Tia resolve enviar essas fotos para Nathan, mas quem vê é Juliette.
"Uma Ação, uma reação e uma decisão podem mudar o mundo."
Já dá para imaginar que milhares de conflitos se iniciam a partir dessa nova fase da história e que a Juliette se sente a mulher mais traída do mundo. As relações familiares são postas à prova em milhares de situações, deixando a leitura maravilhosa e cada vez mais instigante.

Ao decorrer da história vão aparecendo novos conflitos nas famílias e as relações vão terminando e recomeçando. Alguns personagens se decepcionam mais ainda e outros tentam recomeçar. De uma forma geral, esse livro ensina que as mentiras nunca valem a pena e que o perdão é um ato de  muita coragem.

You May Also Like

5 comentários

  1. Caraca que henredo , tadinha da crianca , mas fiquei curiosa pra ler essa trama toda a capa eu achei meia boca rsrs otima resenha
    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Fico muito feliz em saber que você tenha gostado da leitura, porque eu também não tive uma boa primeira impressão vendo a capa e nome, mais agora vendo sua resenha percebo que vale a pena ler, que a mensagem que o livro traz vale muito a pena!!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  3. O nome do livro é destruidor, porque é bem assim mesmo! Muito bom esse livro, já li e recomendo. Envolve o leitor de forma maravilhosa e sua resenha também conta um pouco sobre ele.

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto de livros que reconhece o perdão e a historia parece ser bastante interessante e sei como é que o livro no começo não é bom mas ao decorrer da historia mostra muita coisa boa e a gente não quer parar de ler.
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Caramba, preciso muito, muito muito e muito desse livro. Me apaixonei de cara pela sinopse, a história parece ser perfeita, já estou curiosa pelo final do livro. Muito show!!!!

    ResponderExcluir