Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #84 - A Escolha

by - segunda-feira, janeiro 12, 2015

Nome do livro: A Escolha
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765374
Páginas: 351
Encontre-o: Skoob | Orelha de Livro
Compre-o: Saraiva | Submarino | Americanas
— Não tentei bancar a heroína. Na verdade, na maior parte do tempo não me sinto nem um pouco corajosa.
Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois que a última página for virada.
[…] As melhores pessoas sempre carregam alguma cicatriz. 

— Pode partir meu coração. Mil vezes, se desejar. Sempre foi seu para machucar como quiser. 
Depois que decidira continuar lutando por Maxon, por hora, as coisas parecem estar melhores. Agora ela o tem a seu lado e os dois juntos farão o que estiver a seu alcance para que America volte a ser uma das preferidas do povo na Seleção, pois somente assim o rei seria obrigado a aceitá-la como princesa de Illea se Maxon a escolhesse.

Agora, das trinta e cinco garotas originais que entraram na Seleção, restam apenas quatro delas, e é inevitável dizer que a cada segundo que se passa, cada Selecionada fica ainda mais competitiva em relação às outras.

Todas as vezes que Maxon está pronto e decidido à escolher America, algo acontece e ele acaba repensando sua decisão. Enquanto os dois não se entendem logo, Maxon se aproxima ainda mais de Kriss, sua segunda opção caso America falhar. Se Maxon e America decidirem ter realmente uma relação, deverão trabalhar muito nela para que dê certo.

Mesmo com America tendo tomado sua decisão, Maxon está a cada dia mais distante dela, fazendo-a se perguntar se ainda havia o "nós" e algo pelo qual lutar.

Depois de dois rebeldes nortistas terem marcado uma conversa informal com Maxon e America e lhes dizer que ficariam ao seu lado e tentariam impedir os ataques rebeldes sulistas, caso suas reivindicações sejam aceitas, tudo acaba ficando ainda mais imprevisível.

Mesmo com America tendo decidido lutar por Maxon, Aspen não desistirá dela assim facilmente, e fará o que estiver a seu alcance para reconquistá-la.

O rei Clarkson está a cada dia mais impassível e fará absolutamente tudo para intimidar America para que ela saia da competição. As coisas estão mais complicadas a cada dia, mas Mare está decidida a ficar até o final e poder finalmente ficar com Maxon sem nada nem ninguém para impedi-los.

A situação fora dos muros do palácio está mais violenta do que nunca. Rebeldes sulistas estão atacando as castas das Selecionadas que ainda restam na competição, na tentativa de intimidá-las e fazerem-nas voltar para casa. O rei esconde informações importantes de Maxon, o príncipe está formando uma estranha aliança com os rebeldes nortistas sem o conhecimento de seu pai, e ainda deverá escolher sua princesa. A situação está caótica e perigos deverão ser enfrentados.

Mesmo com todo o caos, é evidente o quanto America e Maxon se reaproximaram, o quanto estão aliados em relação ao palácio e aos rebeldes, mas ao mesmo tempo com medo de revelarem seus sentimentos um pelo outro.

America tem subido muito no favoritismo do povo e é uma forte candidata à princesa, mas um segredo ainda a afasta do príncipe: Aspen. Qual será a reação de Maxon ao saber que o primeiro amor de America esteve praticamente o tempo todo no castelo? Ele a perdoará por sua omissão ou apenas servirá como pretexto para que possa escolher outra Selecionada? Será o amor que ambos sentem um pelo outro o suficiente?

Perdas inesperadas acontecerão, amizades improváveis nascerão e escolhas deverão ser tomadas, o que os unirá ou os afastará definitivamente. 
“Eu amo você… Não somente por ser quem você é, mas pela maneira que você me faz pensar no que nós podemos ser.”
Ouso dizer que esta trilogia é a melhor que já li em toda a minha vida! Desde o momento em que comecei a ler "A Seleção", soube disso quase que imediatamente. Mesmo tendo muitos momentos de dúvida e não acreditando em sua própria capacidade em fazer as coisas, America é uma protagonista forte, lutadora, idealizadora e que corre atrás do que realmente quer. Acredito que o fato de ela não querer a coroa, mas apenas Maxon, mostra a profundidade de seus sentimentos por ele. Ela lutou até o fim, e mesmo quando queria desistir, sabia que não poderia.

Os personagens que Kiera Cass criara, me cativaram profundamente, e mesmo os personagens secundários são totalmente bem construídos e muitos tiveram seu lugar de destaque na trilogia. Não tenho dúvida nenhuma em dizer que todas as garotas que leram ou ainda lerão, se apaixonarão por Maxon ou por Aspen, dois garotos que vão atrás do que quer, mas de maneiras diferentes.

A Seleção nos apresenta uma história cativante e incansável, onde é impossível parar de pensar na história, mesmo tempos depois de terminada a leitura. Não é apenas um livro, isso eu tenho certeza. Kiera criara um mundo tão mágico quanto Harry Potter, onde as pessoas que leem, conseguem se enxergar sem dificuldade alguma na história, seja no lugar dos protagonistas ou personagens secundários, e isso é uma coisa maravilhosa!

A narrativa é super leve e simples, a diagramação está perfeita, e as capas... ah, as capas! Existem capas mais lindas que essas? Como me encantaram, é impossível expressar. Obrigada, Kiera por criar algo tão mágico e incrível, eu realmente te amo!

E acho justo terminar dizendo que li algumas resenhas onde algumas pessoas dizem não ter gostado do final do livro, ou que esperavam mais, mas eu simplesmente não tiraria nem colocaria nada, com exceção da morte de uma tal Selecionada, que até o livro anterior eu não suportava, mas que para mim, fez toda a diferença em "A Escolha".

Esperarei ansiosamente pelo quarto livro da série, que será lançado no mês de Maio deste ano! Então por favor, Maio, chegue logo!
“Tudo que eu podia fazer era seguir em frente e ter a esperança de que, sempre que desviássemos do caminho, ainda conseguiríamos voltar um para o outro.”
“Mas, mesmo agora, sei que não se trata de um conto de fadas. Sei que teremos tempos difíceis, confusos. Sei que as coisas nem sempre acontecerão como desejamos e que precisaremos nos esforçar para nunca esquecer os motivos de nossa escolha. Não será perfeito, não o tempo todo.”

You May Also Like

6 comentários

  1. Li ele em 3 horas, infelizmente, mais ele é simplesmente incrível, o jeito com que a Kiera me fez amar alguém que odeie a saga inteira, me tirar do sério com o príncipe, e nesse momento confesso que torci para o Aspen ( por 1 segundo, mais ainda vale), e o jeito em que fiquei mais apaixonada pelo Maxon, é perfeito. A única coisa de que não gostei foi do final, parece que ela não terminou a história, a série ficou sem um final digno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é perfeito demais! Mesmo eu estando brava DEMAIS com o Maxon, ainda torci pra que eles ficassem juntos, acho que a vez do Aspen simplesmente passou. Eu amei o final! Claro que queria mais, mas eu amei. Pelo que me parece, o próximo "Contos da Seleção", que provavelmente sairá em Outubro, terá um segundo epílogo de A Escolha, quem sabe lá ela não dá mais um pouquinho pro nosso final? *-*

      Beijos!

      Excluir
  2. Sou apaixonada por esse livro, tudo nele é perfeito...não tenho palavras para descreve-lo.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Tive essa impressão também em relação aos personagens secundários. Nossa, esse livro me torturou positivamente, hahaha, quase enlouqueci o lendo. E o final, nossa! O final, para mim, foi sensacional! Fiquei com uma sensação de querer ler mais sobre a história, saber do depois. Por isso espero ler A Herdeira o mais rápido possível.

    Parabéns pela resenha, beijos!
    Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida!

      Nossa, essa trilogia inteira foi uma tortura! AHAHAHAHA
      É maravilhosa, isso não há como discordar, mas confesso que passei muita raiva lendo. Também ainda não li A Herdeira, mas estou mega ansiosa!

      Beijos!

      Excluir
  4. Esse foi o final de série mais esperado por mim e eu li ele super rápido. Só não gostei muito de como a autora colocou a barreira no relacionamento dos protagonistas, achei meio forçado. E nesse livro passei a gostar de uma personagem que eu detestava kk

    ResponderExcluir