Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #150- Um Perfeito Cavalheiro

by - sexta-feira, outubro 09, 2015

Livro: Um Perfeito Cavalheiro
Editora: Arqueiro
Autora: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons
Páginas: 304

"Ela deu um passo para a frente e ele soube que sua vida havia sido mudada para sempre."

Sinopse:Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica 

"- Então teremos que fazer uma vida inteira caber nessa noite."

Estou completamente apaixonada e encantada pela história magnifica criada por Julia Quinn. É simplesmente fantástico a escrita dela e o mundo e personagens que ela cria e desenvolve durante essas 300 e poucas páginas, não consegui deixar a história pra depois, tive urgência em concluir essa leitura, e foi impossivel não querer um final feliz pra esse romance contemporâneo incrível.

"Por Deus, ela reconheceria aquela voz em qualquer lugar. Escutava-a com bastante frequência em seus sonhos.Era Benedict Bridgerton. Seu príncipe encantado."

Eu não conhecia nenhuma obra da Julia Quinn, mas já  tinha lido milhares de resenhas e posts pela internet falando maravilhas sobre ela, e nesses últimos tempos venho querendo muito ler a serie Os Bridgestons. Pois então, comecei a conhecer o mundo de 1815 através do terceiro livro da série, intitulado Um Perfeito Cavalheiro, que traz o romance entre Benedict e Sophie, e uma curiosidade é que a história lembra bastante mesmo a história da Cinderela, com irmãs más, madrasta cruel e uma filha bastarda, e um romance impossível.

"Ele procurava por ela em todos os bailes, festas e saraus a que comparecia. Diabos, tinha passado até a ir ao dobro de eventos sociais só na esperança de vê-la.Mas sempre voltava pra casa decepcionado."



A história toda acontece em Londres, entre os anos de 1815 á 1824, o casal protagonista dessa vez é Bridgerton "numero dois", Benedict e Sophie, a filha bastarda do falecido conde de Gunningworth, que agora era a empregada da madrasta Araminta.
O romance em si começa a  acontecer bem na noite do baile de máscaras que acontece na propriedade dos Bridgertons, onde Sophie vai as escondidas e acaba vivendo duas horas de puro conto de fadas na companhia do galanteador Benedict, mas infelizmente quando o ponteiro do relógio marca a meia- noite a bela moça foge deixando Benedict sem saber nem seu nome, tudo o que ele tem dela é uma luva.

"E ela se deu conta de que, pela primeira vez em anos, seu sorriso foi de pura e absoluta alegria."

Pois bem, é a partir desse ponto que o jovem rapaz sai no dia seguinte em busca de alguma pista sobre a mulher misteriosa que o deixou completamente apaixonado. Mas depois de buscar algumas respostas e nada encontrar ele meio que acaba desistindo. Enquanto isso, a jovem Sophie é expulsa por sua "amada" madrasta e vai parar no olho da rua, mas uma coisa não sai dos sonhos da moça, o belíssimo Benedict, mesmo ela sabendo ser impossível voltar a encontrar com ele algum dia novamente.


"- Eu posso viver com você me odiando - disse ele em direção à porta fechada. - Só não posso viver sem você."

Essa se trata da primeira parte do livro, onde é possível conhecer um pouco sobre o passado dos personagens e é relatado o primeiro encontro do casal protagonista, porém em sequencia eles sofrem com os terríveis desencontros e peças pregadas pela vida e acabam indo para lugares diferentes. Entretanto, na segunda parte da história, onde se passam cerca de três anos depois do baile, o agora Benedict, com cerca de 30 anos, salva a Jovem Sophie de um estupro, e depois de uma forte tempestade ela vai parar em sua propriedade de campo, o Meu Chalé.
Depois de algumas situações um tanto quando complicadas e alguns momentos românticos, e o improvável, que eles se reapaixonassem anos depois, mesmo quando Benedict nem imagina que Sophie e a bela mascarada ,por quem ele ainda é apaixonado, sejam a mesma pessoa.  Benedict e Sophie voltam a Londres, na verdade o rapaz faz com que sua mãe contrate Sophie como camareira de suas irmãs,eles passam a conviver sempre, e isso vai tornado o relacionamento complicado e secreto deles cada vez mais intenso e perigoso.

"E, embora não fizesse ideia de para onde iria quando saísse dali, teve a estranha sensação de que sua vida acabara de começar."

 Quando as  coisas entre os dois acabam ficando cada vez mais intensas e uma proposta para que ela se torne amante do rapaz acaba ofendendo a moça, um afastamento então acaba ferindo ambos os corações, mas quando Benedict se descobre completamente apaixonado por ela ele decide romper os preconceitos sociais e encarar um casamento com uma simples camareira, mas é ai que a verdade sobre a moça mascarada do baile de máscaras vem a tona, a sua madrasta má também retorna das cinzas para infernizar a vida da jovem e as coisas começam a sair definitivamente dos trilhos.

"Ela sorriu para ele, e Benedict foi invadido por uma incrível vontade de rir. Ele percebeu que estava feliz. Absolutamente feliz."

Com um desfecho magnifico, Julia Quinn deixou uma história incrível nessas folhas amareladas, e é impossível não amar os garotos Bridgertos,quanto mais conhecemos sobre eles mais queremos saber.
Vale destacar o trabalho realizado  pela editora Arqueiro na realização dessa capa belíssima.
Só posso pedir para que todos conheçam esses romance de época, é realmente fantástico.
A família é muito bem apresentada, e a autora de alguma forma envolve todos os irmãos e mostra uma relação saudável entre eles, no final do livro também é possível começar a imaginar o que veem pela frente com o livro seguinte, sobre o irmão de Benedict.
Que venham mais e mais livros sobre essa família.

"- Eu amo você -afirmou ele.
Era tudo de que ela precisava."

You May Also Like

6 comentários

  1. Amo histórias de época, e apesar de já ter lido inúmeras resenhas da autora, ainda não parei para iniciar essa série. Mas pretendo fazer um pouco mais a frente, com calma. Adorei a resenha,
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que bom que gostou!!
      Super indico a série, também tive receio no início mas depois foi impossível não ficar encantada.
      Beijinhos!!

      Excluir
  2. Gente, como não li nenhum livro da Julia ainda? haha
    Minha xará haha
    Sou daquelas que julgo muito pela capa e isso é horrivel, daí livros com fotos e tal, nunca compro osiasoiaosa mas prometo deixar essa bobagem de lado, porque esse livro parece ser um xuxu <3 haha

    Brisa Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia realmente leia a sua xará. Hahahaha!!
      As capas combinam com a história em alguns dos livros.
      Beijinhos!!!

      Excluir
  3. Oi ...
    Sou louca para ler essa série , mas , como nem comecei fico um pouco desanimada porque já peguei muito spoiler .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diane só posso te dizer que mesmo com os spoilers é bem provável que você vá se surpreender com Julia Quinn. Ela é fantástica.
      Beijinhos!!

      Excluir