Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #18 - Anna e o beijo francês

by - sexta-feira, março 15, 2013

Nome do livro: Anna e o beijo francês
Autora: Stephanie Perkins
Editora: Novo conceito
ISBN: 9788563219329
Páginas: 286
Lançamento: 2011

Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 


Com base na enquete que fiz aqui no blog, vocês escolheram "Anna e o beijo francês" para eu fazer a resenha. Confesso que já tinha ouvido falar muuuuuito bem do livro mas ainda não tinha lido. Então comprei ele e comecei a ler, genteeeee que fiquei TOTALMENTE APAIXONADAAAAAAA que livro é esse, meu Deus! Realmente adorei., espero que gostem da resenha (:

Anna Oliphant, 17 anos, filha de um famoso escritor mas que sente vergonha dos livros que o pai escreve, têm uma vida em Atlanta, uma melhor amiga, um emprego e um garoto que Anna espera ser seu futuro namorado, mas sua vida dá uma reviravolta quando seu pai à manda para Paris, para terminar seu ensino médio na SOAP (School Of America In Paris) , onde ela definitivamente não queria estar, mas que não teve muita escolha. Mesmo não querendo sair de Atlanta, logo em seu primeiro dia em Paris, Anna já fez ótimos amigos na escola, um deles é Meredith, uma garota que ama futebol. Em um esbarrão no corredor,ela conhece Étienne St. Clair. Ah, St. Clair, lindo, popular, inteligente, que arranca suspiros de todos as garotas da escola, mas tem um defeito, é comprometido. Ele e Ellie namoram há uma eternidade, elajá se formou mas eles ainda continuam juntos, e como se isso não bastasse, Meredith ainda é apaixonada por ele, o que são motivos suficientes pra Anna se manter bem afastada dele. Ela é inclusa no grupo de amigos de Meredith, e passa a ser amiga de St. Clair, Rashimi e Josh. Anna não sabe falar francês, o que convenhamos, complica um pouco as coisas na França, não é? St. Clair vai a ajudando com isso no começo, e logo Anna pega o jeito. Com o passar o tempo, ela e St. Clair se tornam melhores amigos, ela vai conhecendo e se adaptando melhor à cidade, e é claro que na maior parte das vezes, St. Clair estava ao seu lado.
Anna deixou em Atlanta sua melhor amiga e Toph, o garoto de quem gostava, e isso a fazia querer voltar logo para casa, afinal Toph a estaria esperando, não?  No natal, quando ela finalmente volta para Atlanta, ela acaba se decepcionando com a melhor amiga e com Toph, o que a faz se aproximar ainda mais de St. Clair, que foi visitar a mãe em Londres. Eles trocavam e-mails, telefonemas e sms todo o tempo, e isso fez Anna querer voltar logo para Paris. Voltando das férias, quando o encontra, suas pernas tremem e ela não sabe o que dizer à ele quando o vir. Ela enfim, admite para si própria, que está apaixonada por St. Clair, e finalmente acha que seu pai fez algo bom a mandando para Paris, mas por ele ter namorada, acabando não contando para ninguém o que está sentindo. E desde que colocou os olhos nela, St. Clair não a tira mais da cabeça, e se Anna fosse inteligente, já teria percebido os sinais há bastante tempo.
A história começa a ficar mais interessante quando Étienne descobre que sua mãe tem câncer, ele passa pelo estágio de negação que todos passaríamos, ele quer ver sua mãe, mas seu pai não permite. Seu pai encanta à todos, mas apenas a ex-esposa e o filho o conhecem como ele realmente é. E é Anna quem o ajuda a passar por isso. No feriado de ação de graças, todos voltam para a casa, mas ela e St. Clair ficam na escola, vão ao cinema juntos e ele mostra Paris à Anna, e isso aos poucos faz com que ele fique melhor.
Muitas vezes eles se desentendem e acabam ficando sem se falar, acontecem várias brigas, discussões, arranhões, mas também vários momentos em que você perde o fôlego, fica totalmente ansioso pra saber o que acontece depois, e desde o começo do livro, a história te prende e você vira folha atrás de folha e não consegue deixar o livro de lado um segundo se quer.
Será que Anna finalmente irá ganhar o seu tão esperado beijo francês ou seu relacionamento com Ellie é mesmo pra valer?


Adoro me sentar ao lado dele na aula de física. Encostar nele durante as aulas de laboratório. Sua letra feia nas nossas folhas de trabalho. Adoro entregar sua mochila quando nossa aula acaba porque assim meus dedos ficam com seu cheiro pelos próximos dez minutos. (...) Adoro sua risada de menino, suas camisetas amassadas e seu gorro de crochê. Adoro seus grandes olhos castanhos e o modo como ele morde as unhas, e gosto tanto do seu cabelo que eu poderia morrer. Só tem uma coisa que eu não gosto nele. Ela."



Comprei esse livro há umas duas semanas, sempre fui louca pra ler ele, e como não sabia que era tipo uma continuação, primeiro li Lola e o garoto da casa ao lado, e só depois fui ler Anna e o beijo francês, eu estou totalmente apaixonada pelo livro, e pelo St. Clair u.u ASHAUHSUAHS' sério, Stephanie o descreveu como um garoto popular, lindo, e ao mesmo tempo meigo, atencioso e totalmente apaixonado pela Anna, mas que tinha medo de se sentir sozinho, e Anna é justamente do mesmo jeito, achei que eles são perfeitos um pro outro, sem mais. Assim como amei Lola e o garoto da casa ao lado, adorei Anna e o beijo francês, Perkins tem um jeito único de escrever, que nos deixa fascinados, devorando palavra por palavra com tanta vontade, que é impossível parar de ler. Devo ter ido dormir depois das duas da manhã por causa desse livro, sem contar que Paris é o cenário perfeito. É a típica história adolescente, mas com um quê a mais. O enredo te prende, te fascina, é realmente maravilhoso. A capa me chamou bastante atenção, porque como já disse várias vezes aqui, eu muitas vezes escolho um livro pela capa, e essa é perfeita. Me tornei fã de Stephanie Perkins e já li seus dois livros já publicados no Brasil, tomara que ainda venham muitos outros. Livro recomendadíssimo, adorei.
Espero que gostem da resenha, sei que ficou meio curtinha, mas eu nunca sei o que escrever em uma resenha quando eu ADORO o livro, acho que nada que eu escrevo fica bom o bastante pra descrever o quanto gostei dele.


Sinto falta de Paris, mas lá não é minha casa. É mais algo do tipo sentir falta... disso. Desse calor pelo telefone. É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar? Bridge costumava ser meu lar. Talvez St. Clair seja meu novo lar. {...} Isso é estar em casa. Nós dois. 

You May Also Like

9 comentários

  1. Umas das melhores resenhas que li até agora,sou louca para ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa amor, obrigada!! Não tem noção do quanto me deixou feliz com isso *------* Leia sim, porque ele é totalmente perfeito e viciante!

      Excluir
  2. Quero muito ler esse livro! Me disseram que ele é muito amor e a sua resenha só fez confirmar!

    ResponderExcluir
  3. Ameio o livro. Li em menos de 24 horas. Necessito de um Étienne em minha vida! Deveria ter o volume 2, pois eu fico imaginando como deveria eles conhecendo os pais e também na faculdade! The best book of the year! Amei a critica, você é ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é maravilhoso, não é Elis? Também li super rápido e fiquei babando pelo Étienne. Você já leu "Lola e o Garoto da Casa ao Lado"? É da mesma autora. Têm como protagonista dois outros jovens, mas a Anna e o Étienne também aparecem bastante! Vale muito a pena ler! Obrigada minha linda, obrigada mesmo! Volte sempre <3

      Excluir
  4. Meu livro veio com 256 páginas manoo :(

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler e sua resenha me faz ter mais vontade ainda.

    ResponderExcluir
  6. Amo livros com reviravoltas,vou comprar este livroo..

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir