Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #15 - Lola e o garoto da casa ao lado.

by - domingo, março 03, 2013

Nome do livro: Lola e o garoto da casa ao lado
Autora: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630533
Páginas: 285
Lançamento: 2012


Sinopse: Tenho três desejos bem simples. Sem dúvidas, pedir por eles não é demais. O primeiro, é participar do baile de inverno vestida de Maria Antonieta. Quero uma peruca que, de tão trabalhada, poderia engaiolar um pássaro e um vestido tão largo que eu só serei capaz de entrar no salão através de portas duplas. Mas quando eu chegar lá, vou segurar as saias no alto para revelar um par de coturnos de plataforma, só para que todo mundo veja que, por baixo dos babados, sou durona feito punk rock.
O segundo é que meus pais aprovem meu namorado. Eles o odeiam. Odeiam seu cabelo descolorido, sempre com raízes escuras, e odeiam seus braços, tatuados com teias de aranha e estrelas. Dizem que ele tem um ar de superioridade e um sorrisinho presunçoso. E estão fartos de ouvir a música que ele toca explodindo de meu quarto e cansados de brigar por causa da hora que eu devo voltar para casa sempre que saio para ver a banda dele tocar em clubes.
E meu terceiro desejo? Nunca, jamais, em hipótese alguma, voltar a ver os gêmeos Bell. Nunca mais.


RESENHA - Sabe quando você encontra um livro e se apaixona por ele logo de cara? Lola e o garoto da casa ao lado, é desse tipo, você começa a ler e não quer mais parar, não sente vontade de tirar os olhos das páginas, e as devora uma atrás da outra, você fica fissurado pela história, e realmente parece como se você fosse a Lola, e estivesse passando por todos os conflitos e dúvidas que ela passa. Quando vi que estava chegando na última página, me bateu uma tristeza tão grande, que eu pensava "cara, o que eu faço agora?" Juro :\\ Estou T-O-T-A-L-M-E-N-T-E apaixonada pelo livro, e pelo Cricket, então nem ousem se apaixonar por ele também u_u


Lola como é conhecida e chamada por todos, é uma adolescente de 17 anos, um tanto quanto diferente dos outros. Ela não segue nenhum padrão de moda, simplesmente veste o que gosta, e que a faz se sentir bem, independente da opinião das pessoas. Lola como todos, têm desejos, mas os seus são bem simples, e são três os principais... Seu primeiro desejo é ir ao baile de inverno no fim do ano letivo vestida como Maria Antonieta. Segundo, ela deseja desesperadamente, que seus pais aceitem seu namorado Max que é cinco anos mais velho que ela, e esse é um dos principais motivos por seus pais não gostarem dele. E seu último e mais desesperado desejo, é jamais, em hipótese alguma, voltar a ver os gêmeos Bell, Cricket e Calliope, que na infância eram seus melhores amigos, mas que conforme foram crescendo, foram descobrindo quem realmente eram e o que realmente queriam.
Todos os domingos de manhã, como pretexto para fazer perguntas à Max, e descobrir algo que prove a tese de que ele não serve para Lola, Andy e Nathan, seus dois pais, fazem café da manhã e enchem Max de perguntas.
Lola vai passear com Betsy, sua cachorrinha, e percebe que teria novos vizinhos, mas até aí, nenhuma novidade, já que nos últimos dois anos, a casa violeta, vizinha à sua, tivera vários donos. Sempre em dias de mudança, Lola ficava agitada, e seu único pensamente até ver os novos vizinhos, era “não pode ser eles, não pode ser eles, não pode ser eles”, já que anos atrás tivera como vizinhos, os gêmeos Bell, e quando descobre que eles voltaram para sua antiga casa que fica ao lado da sua, ela automaticamente sabe que nenhuma coisa boa vem por aí, já que tivera um passado misterioso com Cricket, o qual nunca contou à ninguém.
Há dois anos atrás, Lola e Cricket eram amigos, viviam juntos e colados um ao outro, mas ele fez algo que a magoara, pelo menos foi o que ela pensava, e ela nunca o perdoou por isso. Agora ela está perdida e assustada de ter que voltar a ver todos os dias o gêmeo perfeito por quem fora a muito, apaixonada.
Quando ela chega em casa depois de seu trabalho, ela vai para o quarto, afim de descobrir se ele também voltou para casa junto com a família, já que até agora só havia visto sua irmã, mas nem sinal de Cricket. Indescritível fora o alívio que sentira quando olhou pela janela e viu que o quarto que era de Cricket estava vazio. Ótimo, nenhum sinal da volta dele. Já de pijama, e distraída, Lola abre os olhos em direção à janela, e lá estava o que ela mais temia que fosse verdade. Era ele, lindo, alto e perfeito como sempre fora, literalmente sentado em sua janela, com os pés balançando no ar. Começaram a conversar como a muito tempo não conversavam, civilizadamente, sem insultos ou nada do tipo. Lola descobre que ele entrou para a faculdade e mora no campus, e só irá visitar os pais durante os finais de semana e nas férias.
Lola faz de tudo para que sua antiga paixão pelo vizinho não retorne junto com ele, já que tem namorado como repete o tempo todo para si mesma. Eles se aproximam novamente, e Cricket faz de tudo que pode por ela. Eles tentam se manter afastados um do outro, mas não dá para negar que há um sentimento forte entre os dois. Com o desenrolar da história, Cricket se mostra o rapaz perfeito e que gosta de fazer surpresas, que Lola se lembrava. Um de seus dons, é construir coisas mecânicas, o que descobriu bem cedo. As coisas com Max, vão bem  até um certo ponto, mas é impossível não perceber que a volta de Cricket, tenha mudado muitas coisas, e até esfriado um pouco o relacionamento dela com o namorado.
Será Lola capaz de evitar que uma antiga paixão retorne com força total ou Cricket não se tornou só passado, como ela tanto gostaria?


- Então, voce acredita em segunda chance? - Mordo o lábio. - Segunda, terceira, quarta. O que for preciso. Por mais tempo que leve. Se for a pessoa certa. - Ele acrescenta.

Confesso que comprei esse livro pelo tanto de coisas boas que ouvia/lia à respeito dele, sem contar que a capa é magnífica, e o teria comprado pela capa mesmo se não houvesse escutado tantos elogios dele. A autora escreve de uma forma mágica, que te deixa vidrada nas páginas, e te faz sentir como os personagens. Te faz sentir raiva, felicidade e confesso que até tristeza em algumas horas. Uma coisa que achei super legal, foi a Stephanie ter colocado nesse livro, Anna e o Etiénne de seu livro anterior "Anna e o beijo Francês. A história é contada pelo ponto de vista da Lola, o que eu simplesmente adoro, acho muito melhor e mais fácil entender o que as pessoas realmente sentem. A diagramação é perfeita, a fonte está em um ótimo tamanho, tem uns enfeites muito lindos para separar os capítulos, e o enredo é super leve e rápido de ler. Li o livro em menos de um dia, e agora estou triste porque acabou ):
Livro RECOMENDADÍSSIMO para todos aqueles que como eu adoram um bom romance sem ser muito meloso, e com muito humor. Adorei o livro, e tenho certeza que todos que o lerem, irão adorar, e assim como eu se apaixonar por Cricket.


Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que a tornam perfeita para alguém.


You May Also Like

4 comentários

  1. Oie :)

    Nossa você se apaixonou muito pelo Cricket Bell em kkkkk , eu já li Lola e adoreeei é um livro gostoso , leve e totalmente incrível de se ler .. sem comentários , beijos !!

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Deeeeemais, o livro é realmente MUITO BOM UAHSAUHS' e o Cricket é perfeito *-------* AUHSUAHSUAHS'

    ResponderExcluir
  3. Quero demais esse livro, deve ser muito fofo.

    ResponderExcluir
  4. AAAAIWN fiquei com vontade de leer..

    ResponderExcluir