Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #180 - Perdida

by - sexta-feira, janeiro 06, 2017

Livro: Perdida
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 364


Sinopse:Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam.
Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece
e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke.
Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...
Perdida é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.




"Eu já me apaixonei uma vez! E não tem nada de errado em gostar de histórias de amor, pelo menos nos livros elas têm finais felizes! Não machucam ninguém."

Quando comecei a ler Perdida tinha criado certa expectativa sobre a história, e confesso que nas 100 primeiras páginas eu meio que desanimei da leitura, mas não quis parar de ler porque a sinopse tinha me conquistado desde o primeiro momento, e como eu vinha de uma ressaca literária bem grande quis continuar. E o livro só fez crescer dali pra frente, os personagens foram ganhando mais e mais força e a história foi se tornando envolvente , o grande salto de acontecimentos na minha opinião quando o protagonista, Ian, aparece com maior frequência e a Sofia começa a se envolver em diversas confusões no século XIX a história conseguiu me prender definitivamente.

Falando em si da trama do livro...
Sofia Alonzo vive em uma grande metrópole em pleno século XXI, e depois de uma noite em que perde o celular e precisa arrumar um novo aparelho, ela vai misteriosamente parar duzentos anos no passado, mais especificamente em 1830. Chegando por lá é “recebida” pelo lindo e encantador Ian Clarke. A partir daí ele meio que se sente responsável pela garota moderna e aos poucos o romance entre eles vai acontecendo. Eles se envolvem em confusões divertidíssimas de se ler por causa de todas as diferenças entre os costumes de cada século, além de começar a surgir um romance de maneira bem discreta entre o casal. É divertido perceber como tantas coisas evoluiram com o passar dos anos e como algumas ideias se mantem parecidas, a autora soube "brincar" com o tempo de uma forma incrivel e que faz o leitor viajar entre os séculos como se vivesse nos dois.
"Assim como este rio, você segue o seu curso. Se uma pedra aparece na sua frente, você simplesmente a contorna e tenta encontrar um novo caminho. E, assim como as águas deste rio correm em direção ao mar, eu sei que você corre em direção à sua casa."

Além do casal de protagonistas ainda temos os personagens secundários da história, Elisa, irmã do Ian,Teodora que é a melhor amiga dela e no inicio confesso que achava que ela queria se casar com o Ian. Todos os personagens conseguem se fazer presentes na história e conquistam os leitores fazendo você torcer pelo final feliz de todos eles.
A autora conseguiu unir comédia, confusões e bastante romance. Mas ela não tornou a trama chata sabe? Depois que você passa a conviver com os personagens que ela cria, e como ela ambienta a Sofia no passado, você realmente torce por eles juntos e entende que eles não vão ser sempre perfeitos, mas é esse detalhe que prende o leitor e o faz torcer pelo final felizes.

É uma excelente dica de leitura para quem gosta de boas doses de romances com delicados tons de humor. Se você, assim como eu, ainda não conhecia nada da escrita da Carina Rissi essa é uma excelente opção para apreciar as histórias dela. São fantásticas!!!

You May Also Like

0 comentários