Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #119 - Primeiro e Único

by - quinta-feira, junho 25, 2015

Nome do Livro: Primeiro e Único
Autora: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
Encontre-o: Skoob
Compre-o: Saraiva | Submarino | Americanas | Amazon
Classificação: 

"- E qual será a sua estratégia?
- Manter a posse de bola e fazer mais pontos que ele.
- Parece bem simples.
- Sim. Mas não se deixe enganar. As melhores coisas da vida parecem simples. Mas só parecem."

Sinopse: Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.
Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.
A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.

"Bem lá no fundo, você sabe quando está fazendo a coisa certa e quando não está. E Você só precisa fazer tudo o que estiver ao seu alcance e persistir."

Shea é uma verdadeira apaixonada por futebol americano e passara toda sua vida em contato com ele. Desde muito nova, por causa do casamento infeliz de seus pais e consequentemente o divórcio, ela "adotara" o trainador do time de futebol americano da cidade e sua esposa como se fossem seus pais verdadeiros, e a filha deles, Lucy, sua melhor amiga, é como se fosse sua irmã. Mas agora, a Sra. Carr, a esposa do treinador, falecera devido um câncer, e toda a felicidade da família fora praticamente extinguida.

A morte da Sra. Carr faz Shea finalmente parar para refletir sobre sua vida e o rumo que ela estava tomando. Seu trabalho e seu namoro não eram dos melhores, e ela começa a perceber que talvez estivesse em um trabalho que gostava, mas que não era o que ela realmente gostaria de fazer, e que estava namorando alguém que ela gostava, mas não amava, apenas por medo de mudanças. A rotina é mais fácil, mais cômoda, mas não significa necessariamente que é o melhor caminho. Shea então decidida a mudar seu futuro, termina com o namorado e faz uma entrevista para trabalhar como jornalista esportiva, e ainda por cima para cobrir os jogos do Walker, o time pela qual era completamente apaixonada.

Com os dias passando, vai ficando não mais fácil, mas sim menos difícil de lidar com a morte da esposa do treinador e aos poucos eles vão aprendendo a lidar com a perda, utilizando sempre o futebol americano como a âncora que os manteria seguros na superfície.

Quando Shea menos espera, Ryan James, um famoso (e lindo) quarterback e que é também seu antigo amigo de faculdade reaparece em sua vida, e inevitavelmente eles começam a ter um relacionamento.

Então a emoção da nova temporada de jogos que se iniciara, o novo relacionamento de Shea, assim como o emprego, e o fato de seu time (o time da Universidade de Walker) estar sendo investigado pela NCAA, o alto escalão do esporte, vêm para turbilhar ainda mais sua mente, e como se tudo isso já não fosse o bastante, ela começa a sentir uma atração muito forte pelo treinador Carr, algo que antes ela via apenas como uma cega admiração, ela percebe estar se transformando em algo mais. Mas ela sabe que esse amor platônico jamais poderia de fato se consolidar, pois ele perdera a esposa há pouco tempo, além de ela acreditar que ele jamais pudesse sentir algo além de amor fraterno por ela, sem contar o fato de que ele é pai de sua melhor e temperamental amiga, além de ainda estar namorando Ryan.

Ela como jornalista, deve ser totalmente imparcial em suas entrevistas e matérias publicadas, mas Shea acaba encontrando muita dificuldade para conseguir isso, então não sabe quanto tempo mais conseguirá ficar no emprego. As coisas começam a se complicar em sua vida, e ela se vê diante de um impasse, ir pelo caminho mais fácil e mais seguro ou realmente correr atrás daquilo que quer e finalmente ser feliz? Nem sempre os caminhos fáceis, são os que nos levam onde queremos ir. Shea precisará de muita coragem para admitir seus sentimentos e mudar radicalmente sua vida.

''Agora cá estávamos, aparentemente no mesmo lugar, exatamente onde havíamos começado. Ainda assim, não éramos os mesmos. Nada mais era.''

"Primeiro e Único" é o primeiro livro que leio da autora, então não tenho muito com o que comparar em relação aos outros livros dela. Ele nos trás Shea, uma protagonista forte e que sabe bem o que quer, mesmo que algumas vezes seja levada pelo medo da mudança. Gostei muito do livro pois ele nos faz enxergar a realidade, onde muitas vezes nos acomodamos e sabemos que precisamos mudar mas acabamos não movendo nem um dedo se quer para que isso aconteça, pelo simples medo de mudar ou por estarmos simplesmente confortáveis do jeito que estamos, e esse livro nos mostra que na realidade, não deve ser assim, e que devemos ir atrás do que mais desejamos, mesmo que encontremos alguns obstáculos que acreditemos serem intransponíveis ao longo do caminho. Uma leitura agradável e cômoda, com algumas reviravoltas no enredo e onde podemos perceber uma grande evolução em certos personagens. Livro recomendadíssimo.

"Ele me olhou fundo nos olhos, depois assentiu e entendeu. Todos que amam esportes sabem que, às vezes, temos uma única chance. Às vezes não podemos nos dar ao luxo de pensar, esperar, tampouco planejar. Às vezes é preciso seguir em frente e aproveitar o momento, a sua melhor, última ou até mesmo única chance. E talvez aquela fosse a nossa."

You May Also Like

3 comentários

  1. Ainda não li nenhum livro da Emily mas todos tem uma crítica muito boa e sempre tive vontade de ler, quem sabe esse não seja o primeiro?

    ResponderExcluir
  2. Apesar dessa autora ter livros super famosos eu ainda não li nenhum. Me interessei por esse, tanto pela capa quanto pela história. Livros que nos trazem motivação são sempre bem-vindos

    ResponderExcluir
  3. Já li várias resenhas sobre esse livro, umas falando que o livro é bom, e dando nota alta e outras dizendo que não gostou, que não é o melhor livro da autora.
    Gostei da premissa desse livro, pelo que entendi, Shea vai passar por vários obstáculos na vida pessoal e profissional, inclusive um amor por um homem mais velho.
    Nunca li nada da Emily, mas tenho interesse em vários, só não sei se começarei por esse.

    ResponderExcluir