Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #117 - Tocando as Estrelas

by - domingo, junho 14, 2015

Nome: Tocando as Estrelas
Autora: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Encontre-o: Skoob
Compre-o: Saraiva | Amazon
Classificação: 
"Eu sei que não tenho chance nenhuma. Reconheço que a probabilidade de conseguir um papel como esse é quase nula, mas isso acontece todas as vezes que vou tentar alguma coisa do tipo. Estou me sentindo um pouco... esperançosa. Como se esta fosse a vez em que tudo mudaria. Como se, depois deste fim de semana, tudo pudesse ser diferente."
Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.
"Isso não importa mais. É como um guarda-chuva no meio de uma tempestade depois de estar completamente molhado. Exatamente o que você precisava, o que você queria, mas já é tarde."


O livro nos apresenta Paige Townsen, uma adolescente que está no último ano do ensino médio e que sonha em ser uma famosa e renomada atriz.

Ao saber que apenas alguns dias depois haveria uma audição para selecionar o elenco do filme Locked - que era uma trilogia de livros best-seller de sucesso mundial - ela resolve participar, e incrivelmente consegue o papel da protagonista. Mas é importante dizer que tudo isso é escondido de sua família, já que eles não apoiam seu sonho de poder ser atriz algum dia.
"Fui uma completa idiota. Não sei em que eu estava pensando. Ele é o clássico bad boy. O mesmo tipinho que fez a minha irmã se meter em várias confusões. E eu não sou ela. Não estou disposta a desistir de tudo o que eu amo por causa de outra pessoa. Este trabalho é o que importa para mim. Esta oportunidade, fãs histéricas por toda parte. E Rainer é alguém comq uem eu posso contar. Alguém que vai segurar minha mão e ficar ao meu lado. Não alguém que me colocaria em risco de perder tudo o que eu conquistei."
Algum tempo depois de conseguir o papel e de seus pais terem sido convencidos, Paige vai para o Havaí começar as gravações, mas diferentemente do que ela imaginara, nada é tão simples quanto parece. O diretor do filme é mega exigente e acaba sempre gritando com ela. Paige descobre que o mais difícil não é ser selecionada, e sim a parte depois de ser selecionada.

Sua sorte é poder contar com Rainer Devon, um garoto lindo e famoso que juntamente com ela, é o protagonista do filme. Os dois acabam se tornando amigos quase que imediatamente e ele sempre a ajuda com sua experiência, já que faz filmes desde quando era criança e já se acostumara com o estrelato. Mas Paige começa a perceber que não é apenas amizade que sente por Rainer, e que poder estar se apaixonando por ele.
"Essa é uma verdade sobre o sucesso. Muita coisa muda, mas nem tudo. Você ainda tem dias de cabelo ruim. Amizades que se desfizeram não serão reparadas milagrosamente. E pessoas que não amavam você antes continuarão a não amar. Uma coisa que o sucesso não muda, não importa a que nível você chegue, são as coisas que já viraram passado."
Quando Jordan Wilder entra para o elenco do filme, as coisas prometem esquentar... Rainer e Jordan são praticamente "inimigos mortais", por causa de Britney, a ex namorada de Rainer e que o traiu para ficar com Jordan, com quem estava até hoje. Isso era então, o que Rainer pensava, mas a verdade pode muitas vezes estar oculta embaixo de diversas camadas de mentiras...

Então, com Jordan agora no elenco, os três, Paige, Rainer e Jordan, terão que se acostumar com a presença um do outro por bem ou por mal.
"Assim é. As coisas acontecem, e com muitas delas não se pode voltar atrás. Mas a melhor parte é que, frequentemente, as coisas que o desafiam, que exigem de você plenamente, são exatamente aquelas que valem a pena."
A presença de Jordan acaba confundindo Paige, e o que antes para ela era uma certeza, acabam de transformando em dúvidas. Ela sabe que gosta de Rainer, mas acaba percebendo que Jordan também mexe com ela, talvez até mais.

Então, depois de tanto tempo fantasiando sobre isso, o tão esperado (por mim e por ela) beijo de Paige e Rainer finalmente acontece.

Mas ao perceber que Jordan não era aquela pessoa fútil que ela imaginara ser, seus sentimentos apenas se confundem ainda mais e ela se encontra com um dilema que a consome intensamente: o que ela sente por cada um deles?
"Mas saber o que é certo não torna uma decisão mais fácil. É uma escolha. E, assim que você faz uma, desiste das outras."
Paige se vê agora em uma encruzilhada. Depois de conhecer melhor os dois colegas de trabalho e saber quem eles realmente são por dentro, ela se vê perdida. Com Rainer ela se sente segura, amada, como se nada nunca pudesse atingi-la quando está com ele. Com Jordan, as coisas são ainda mais intensas e ela acredita ter finalmente descoberto o que significa a palavra paixão, agora cabe a Paige tomar a decisão que mais acredita ser a certa, mesmo que as vezes, o certo não signifique necessariamente a decisão que gostaríamos de tomar.
"E, veja bem, isso é o que eu não entendia. O que ninguém conta. Só porque você encontrou o amor, não significa que é para você guardar para si. O amor nunca pertence a você. Pertence ao universo. Ao mesmo vento que sopra nas ondas dos surfistas e na corrente que os carrega de volta à praia. Você não pode se apegar, porque ele é muito maior que qualquer coisa que alguém jamais poderia conceber ou tocar com as próprias mãos. E é maior que Rainer ou Jordan. É maior que tudo."
Eu simplesmente não sei o que dizer sobre "Tocando as Estrelas". UAU! É um livro de tirar o fôlego, daqueles que você torce incansavelmente por algo. No início, eu torcia com todas as minhas forças para que Paige e Rainer ficassem juntos, mas no decorrer da história, depois de conhecer melhor Jordan e de ver como ele mexia com ela, eu fiquei confusa, talvez até mais do que a própria Paige, então eu não sabia mais por quem torcer. Mais pro final da história, eu finalmente encontrei o meu lado e sabia com quem eu queria que ela tivesse o seu "felizes para sempre".

Esse livro não me deixou tirar os olhos da página, desde quando comecei a ler até a hora em que terminei, não conseguia parar de pensar na história e em qual final teria. Eu criei tantas expectativas, torcia tanto pra um determinado garoto, que acabei me decepcionando no final. Que história foi aquela de que o amor não nos pertence? Discordo da protagonista neste ponto. E digo mais, eu teria tomado uma decisão diferente da que ela tomou, com certeza!

A história criada por Rebecca Serle foi maravilhosa, algo muito bem construído, mas admito que por mais que tenha me apaixonado profundamente pelo livro, o final deixou a desejar, a protagonista não tomou a decisão que realmente queria ter tomado. E eu sou uma eterna apaixonada pelos livros clichês, mesmo que isso signifique que o final seja previsível. Mas apesar do final, o livro com certeza entrou para minha lista de favoritos, e Paige, Rainer e Jordan estarão sempre em meu coração.

A capa do livro é maravilhosa e me chamou a atenção imediatamente, assim como a sinopse. A editora fez um ótimo trabalho com a diagramação do livro. Eu amei. Para quem adora um bom romance, Tocando as Estrelas é um excelente livro. Recomendo apenas que tenham alguns lencinhos de papel ao seu lado quando terminar o livro, caso vocês acabem torcendo paro o mesmo casal que eu.
"As pessoas sempre dizem que há milhões de maneiras de resolver um problema, que não existe resposta simples para uma pergunta. Não é verdade. Existem apenas duas vias a serem seguidas a qualquer instante. A via que leva você para alguma coisa - estrelato, amor, desastre - e aquela que afasta você de tudo isso. A todo momento, a qualquer instante, você precisa fazer o melhor que pode para saber qual é qual."

You May Also Like

4 comentários

  1. Nossa ameia a capa tbm rs acho foda essa de gostar de dois ao mesmo tempo .mas so lendo o livro p ver rsrs

    ResponderExcluir
  2. Nossa ameia a capa tbm rs acho foda essa de gostar de dois ao mesmo tempo .mas so lendo o livro p ver rsrs

    ResponderExcluir
  3. Eu não gostei do livro pela sinopse, mas lendo a sua resenha o livro me interessou. Será que eu vou torcer para o mesmo casal que você e precisar de lencinhos? Fiquei curiosa haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Também sou apaixonada por livros clichês, Natalia, e mesmo que o final tenha deixado a desejar para você, quero lê-lo, pois gostei da sinopse e da sua resenha sobre ele. gosto de romances hots, e se tem um triângulo amoroso, melhor ainda.

    ResponderExcluir