Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

A Culpa é das Estrelas: 13 lições que aprendemos com a maior história de amor de 2014

by - domingo, dezembro 07, 2014

A adaptação da obra de John Green para o cinema foi o assunto do ano e faturou quatro categorias do CH Awards

Okay, o filme mais esperado do ano, A Culpa é das Estrelas, só poderia ser o mais bem-sucedido. A história de amor de Hazel e Gus, dirigida por Josh Boone, levou 5,5 milhões de brasileiros aos cinemas. No mundo, o sucesso foi igual: mesmo custando 12 milhões de dólares (o que para o cinema é pouco, acredite), a produção faturou 120 milhões dólares nos EUA e outros 120 milhões ao redor do mundo. Quer prova maior de que o amor verdadeiro é universal? Todo mundo amou!

No CAPRICHO Awards, isso ficou mais do que provado: ACEDE é o filme do ano (com 60% dos votos), Ansel Elgort é o melhor ator internacional (48% dos votos), Shailene Woodley é a atriz internacional (39%) e a melhor capa da CH também é deles (58%). Ah, e a melhor cena do casal - aham, criamos uma categoria só pra isso - foi a do primeiro beijo entre os dois, eleita com 56% dos votos. Está pronta para relembrar as lições que esse filme ensinou e que mudaram a nossa vida pra sempre?

1. "Alguns infinitos são maiores que os outros".


A primeira lição vem desta que é uma das frases mais inspiradoras do filme. (e do livro também!) Tudo é infinito enquanto dura. Por isso, não importa o tamanho do infinito que você esteja vivendo, contanto que aproveite cada segundo. Hazel até sonhava com um infinito maior, mas jamais abriria mão dos poucos - e inesquecíveis - dias que teve com Gus. 



2. A felicidade mora nas coisas mais simples.



É só se lembrar um pouquinho da história de Hazel e Gus. Mesmo com o mundo deles prestes a desmoronar, eles não viviam tristes e nem se consideravam infelizes, certo? Muito pelo contrário. Eles davam valor a cada momento, cada sorriso, cada conversa. A gente não precisa de fogos de artíficio pra eternizar cada segundo da nossa vida. É só abrir o coração.

3. Veja pelo lado positivo. Sempre.



Uma das lições mais lindas da história. Mesmo com câncer, enfrentando tantas dificuldades, os dois não abriram mão da felicidade, ainda que ela durasse pouco. Então pra quê deixar os problemas bobos do nosso dia a dia afetarem a nossa vida? Diante da dificuldade, prefira sorrir e seguir em frente. É um jeito mais leve de encarar as dificuldades.

4. Diga que ama.



A gente nunca sabe o dia de amanhã. Então, lembre-se sempre de dizer o quanto as pessoas, sejam seus amigos, namorado ou família, são especiais para você. Isso tem que ser feito agora, e não depois.

5. "Vamos viver o melhor de nossa vida hoje"



Muitas vezes, a gente fica adiando encontrar as pessoas de quem a gente gosta, sair, se divertir, viajar e ver os amigos por pura preguiça. E não pode ser assim. A gente só tem essa vida. Ela precisa ser aproveitada ao máximo. Hazel e Gus sabiam disso, sabiam que não tinham tempo a perder.

6. Não tenha medo de mostrar seus sentimentos.



Muita gente tem mania de guardar pra si o que está pensando ou sentindo - seja por vergonha de se abrir, por receio, por medo. Se você estiver triste, fale o que está te magoando. Desabafar só vai te fazer bem. Se estiver com vontade de chorar, chore. Guardar isso dentro do peito vai te sufocar.

7. Não tente controlar o destino. 



Se as coisas não saíram do jeito que você esperava, não precisa ficar culpando o universo e reclamando para todo mundo ouvir. Isso não vai mudar. Levante a cabeça, pense em novas possibilidades e invente outro jeito de agir. "O mundo não é uma fábrica de realização de desejos", lembra?

8. Se uma pessoa te ama, ela gosta de você exatamente como você é.



No livro, Gus não cansa de ensinar isso pra gente. Ele ama Hazel com todas as suas qualidades e defeitos, não importa o que aconteça. E é assim que tem que ser.

9. Não desista do amor.



Mesmo que a pessoa não tenha te dado bola logo de cara. Mesmo que pareça não ter nada a ver. Mesmo que você esteja com medo do que ela vai pensar. Vá em frente. Sério.

10. Valorize seus amigos. 



No livro, Gus teve bons amigos ao seu lado até o fim. Por isso, escolha e cuide bem dos seus. Não deixe a falta de tempo virar desculpa, não deixe o Whatsap matar o contato físico, não deixe o tempo apagar o sentimento.

11. O amor pode acontecer a qualquer hora, em qualquer lugar. 



A gente sabe que o que a Hazel menos esperava naquele momento era encontrar um namorado. Ela estava indo ao grupo de apoio de jovens com câncer toda desanimada e até com má vontade, lembra? Aí, do nada, ela conheceu o Gus. E o resto você já sabe.

12. Vá atrás do que você quer - mesmo que isso pareça impossível.



Na cabeça de Hazel, ela jamais viajaria para Amsterdã, muito menos para encontrar seu escritor favorito. Tudo bem, o encontro não foi legal, mas às vezes a jornada é mais importante do que o destino. Van Houten pode ter sido um monstro, mas viajar com Gus foi maravilhoso.

13. Escolha ser feliz



E abra um sorriso. Nem sempre tudo dá certo. Na escola, com as amigas, com os garotos... Pode ficar triste, mas não vale achar que tudo está perdido. Se você se sentir assim, se lembre de Hazel e Gus: quando tudo parecia perdido, eles descobriram um no outro um motivo pra viver.


You May Also Like

19 comentários

  1. A lição mais importante que o filme me ensinou foi viver o dia a dia não se importando com o amanhã, enfrentar um desafio de cada vez, aproveitar os momento simples e as pessoas que estão ao nosso lado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você, Amanda! <3

      Excluir
  2. Olá =)

    Ainda não assisti ao filme, porque quando ele foi lançado eu não estava no clima para cinema e acabei nem indo atrás dele depois. Mas parece que a adaptação ficou bem fiel ao livro. Realmente esse livro nos ensina coisas muito importantes. Depois dele estou curtindo os pequenos acontecimentos do dia-a-dia.

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o filme ficou bem fiel ao livro e é totalmente lindo! É incrível como um simples filme pode nos ensinar tantas coisas!

      Excluir
  3. Esse filme é a coisa mais lindaaaaaaaaaaaaaa
    Confesso que não gostei muito do livro, mas o filme me fez chorar horrores
    O jeito que eles se tratam é muito encantador.
    Faz pensar: será que se eu soubesse que logo morrerei, trataria as pessoas de uma forma diferente?

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo demais!
      Acho que não teria atores melhores para ter interpretado Hazel e Augustus, eles deram vida aos personagens, achei maravilhoso!
      Sabe, também fico pensando nisso. Como seria se soubéssemos que fossemos morrer?

      Beijos!

      Excluir
  4. Esse filme é lindo demais, chorei litros com ele!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, tipo 100% o melhor livro/filme do ano! A historia é encantadora, e por mais que seja triste ela nos faz pensar na vida, mas nossas superações, no que queremos e de como devemos aproveitar cada momento bom da vida e saber amar as pessoas. Aprendi muita coisa e com certeza é um livro que pretendo reler muitas vezes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu super concordo com você, Michelli!
      Mesmo sendo apenas um livro/filme, acaba nos ensinando muitas lições, e entre elas, a dar mais valor em cada momento que vivemos e nas pessoas que estão ao nosso redor!

      Beijo! ♥

      Excluir
  6. Um dos livros mais perfeitos,chorei na última página e foi o livro que li em menos tempo (1 semana,preciso bater esse recorde),ameei o filme apesar de não ter sido tãao fiel ao livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chorei praticamente no livro inteiro! HAHAHAHAHAHAHA (é SERIO!)
      Eu não achei o filme tão diferente do livro, não! Gostei bastante do roteiro que fizeram!

      Beijo! ♥

      Excluir
  7. Amo amo amo amo amo demais esse filme. Chorei horrores!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, não é?
      Acho que não tem uma pessoa que assiste/lê e não se emociona!

      Beijos! ♥

      Excluir
  8. Awwwn morri aqui com a foto da última lição! *-*
    Ainda não assisti ao filme, acredita?? Pois é. Já li o livro e, claro, amei demais!
    Espero achar um tempinho - e paciência com essa internet - pra assistir ao filme em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão fofa, né Ellen? :3
      Sério que não assistiu ao filme ainda? Menina, assista! Pare agora o que estiver fazendo pra assistir esse filme! Mas pegue os lencinhos e já deixe do seu lado, falo sério! É MUITO lindo!

      Beijos! ♥

      Excluir
  9. Sou completamente apaixonada por TFIOS, e achei seu post super fofo!
    doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Sem duvidas a simplicidade com que se desenrola ACEDE é muito aconchegante, a Hazel uma linda e o Gus sempre sabendo o que fazer, o John realmente sabe tocar nos pontos da humanidade, ou pelo menos o que a humanidade precisa.

    ResponderExcluir
  11. Esse filme é simplesmente e puramente uma lição de vida....todas as vezes que assisto aprendo algo novo que levo para o meu dia a dia.

    ResponderExcluir