Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #198 - A Garota do Calendário [Fevereiro]

by - quinta-feira, março 30, 2017


Depois de ter saído de Los Angeles com o coração apertado por ter deixado Wes para trás, por quem estava nutrindo fortes sentimentos, Mia segue para Seattle e para seu próximo cliente: Alec Dubois, um artista excêntrico que concentra quase toda sua atenção em sua arte.

Mia se torna sua musa, e é retratada em diversas de suas pinturas. Com Alec, ela embarca em uma excitante jornada e descobrimento de si mesma que nunca pensou encontrar, mas Wes, seu antigo cliente, não sai de sua cabeça, e diversas vezes ela pensa em abandonar tudo e voltar para L.A. encontrar seu amor e juntar os pedacinhos de seu coração.



Alec a ensina que existem vários tipos de amor, e o amor Mia e de Alec é aproveitar todos os momentos juntos até o dia de sua partida e depois deixá-la livre para seguir seu caminho. Ela compara muito o modo de vida com Wes e com Alec, e chega a conclusão de que cada um dos dois clientes que ela tivera até então, ficaram com um pedacinho de seu coração, mas o sentimento por Wes ainda prevalece.

O tempo que passa com Alec é maravilhoso para Mia, o sexo é incrível, ele é atencioso, gentil e extremamente carinhoso com suas palavras francesas. Mesmo no início quando ela já chega causando problemas, ele a recebe de braços abertos e faz dela sua musa, sua inspiração e sua luz. Ambos possuem muito para ensinar um ao outro. E Mia aprende muito com Dubois, tanto sobre a vida, como sobre o amor, que inevitavelmente, carregará consigo por toda a vida.


Seu plano é conseguir dinheiro para ajudar seu pai a quitar uma dívida com pessoas perigosas, e depois de um ano trabalhando como acompanhante, ela pretende voltar para Los Angeles e para Wes, será que seu plano realmente acontecerá no final do prazo de 12 meses ou o destino simplesmente os unira por 24 dias apenas sem nenhuma chance de se reencontrarem?


You May Also Like

0 comentários