Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #47 - De repente, é ele

by - sábado, novembro 16, 2013

Nome: De repente, é ele
Autora: Susan Fox
Editora: Gente - Selo ÚNICA
ISBN: 9788573128680
Páginas: 382
Nota: 4/5
Encontre-o: Skoob | Orelha de Livro
Compre-o: Saraiva | Submarino | Americanas

Sinopse: Quando o destino cruza caminhos improváveis, como resistir? Jenna Fallon sempre foi uma mulher livre e decidida, que segue apenas uma única regra: ignorar regras. Então, quando seu carro quebra a caminho de Vancouver e ela é obrigada a pegar uma carona com um belo desconhecido, Jenna se encanta ao perceber que ambos possuem a mesma ideologia de vida: não se amarrar a ninguém... O biólogo Mark Chambers está sempre mudando de um local para outro – assim como nunca fica com uma única mulher. Quando ele e Jenna cruzam a costa do Pacífico acampando, mergulhando e fazendo o melhor e mais quente sexo de sua vida, Mark já não tem certeza se quer se despedir. Será que Jenna será corajosa o suficiente para encarar o desafio de ficar com o cara que pode ser perfeito para ela? De repente, é ele...

Quem sabe, se ambas as pessoas quiserem muito, consigam se comprometer com a fidelidade a longo prazo. 

Jenna Fallon é uma mulher independente de 29 anos, que não acredita em monogamia e não se prende a homem nenhum. Ela não tem um trabalho fixo, vive pulando de um trabalho para o outro, todos temporários, o que lhe rendeu ótimas viagens e histórias, e a mesma coisa acontece com os homens. Ela vive sua vida da melhor maneira possível, conhecendo lugares e homens fantásticos, e aproveitando o bom e velho sexo com todos eles. Ela se sente desfalcada em sua própria família e já até chegara a achar que havia sido adotada. Ela não é acadêmica como o pai e a irmã mais velha Theresa, nem popular como sua irmã Kate, e muito menos focada como sua mãe e sua irmã mais nova Merilee, que sempre soube o que queria da vida desde nova.

Mas nem sempre Jenna fora assim. Aos 17 anos, idade em que as coisas geralmente começam a sair do controle, ela se apaixonara por Travis e fugira com ele. Ela a dizia que a amava, e toda a noção dela simplesmente desaparecia. Ela era ingênua, e erros que cometera naquela época, são irreversíveis e acabaram tendo para ela um preço muito alto. O preço de seu maior sonho. Por mais que ela tentasse, a dor nunca a abandonava, assim como também a tristeza de ter perdido a oportunidade de ter algo que ela tanto desejava.

Então não se apegar a homem nenhum, foi o jeito que ela encontrou para nunca mais partirem o seu coração, e se fechou para esse tipo de sentimento. Ela jurou aproveitar a vida ao máximo e jamais se apaixonar de novo.

Além disso,aprendi a lição aos dezessete.Estar apaixonada mandava meu discernimento para o inferno,me deixava idiota.E essa idiotice me custou o sonho mais amado.”


Durante sua viagem para ir à Vancouver no casamento de sua irmã mais nova Marilee, Jenna acaba tendo problemas com o carro e estava com pouco tempo e dinheiro para consertá-lo. Então, em uma lanchonete, conseguira carona com um cientista super sexy, inteligente e intelectual, que estava indo para Vancouver em um seminário. Fora difícil para Jenna finalmente convencê-lo a lhe dar carona, prometendo que ajudaria na despesa de comida e gasolina, o que já estava em seu orçamento. No início, ele é apenas um cara bonito mas que sabe apenas falar sobre ciência, e que se sente desconfortável de falar sobre sua vida pessoal. Ele não tem muita experiência com mulheres, e nunca percebe quando está sendo cantado por alguma. Sua vida social é muito limitada, e nunca sai do limite "ciência".

Mark Chambers é um renomado cientista apaixonado pelo oceano, que acredita que tudo se explica pela ciência, nada de magia, nada de destino, nada de coincidências. Por ter sido criado por seus avós, pessoas severas e práticas, que lhe deram uma casa e comida, depois de sua inconstante mãe Alicia tê-lo abandonado. Por ter crescido assim, queria futuramente ter uma família dentro dos mesmos parâmetros, o que com o tempo descobrira que seria impossível com a inconstante Jenna.

"Por que o sexo com ele era diferente? Se eu evitasse beijá-lo, talvez nunca descobrisse. Era mais seguro assim. Eu não sentiria aquela força intensa que dominava e me fazia me perder de mim mesma."

Mesmo contra a vontade, os dois passam três dias juntos no trailer de Mark indo à Vancouver, e inevitavelmente começam a se abrir um com o outro e falar sobre seu passado e seus medos. Compartilham coisas que nunca haviam compartilhado com nenhuma outra pessoa, e aos poucos vão conhecendo um ao outro melhor do que quem os conhece praticamente a vida inteira.

Como o livro é erótico, não poderia falar a parte do sexo, óbvio. A atração que os dois sentem um pelo outro é inexplicável até mesmo para Mark. A química entre eles é inegável. Mas Jenna faz questão de deixar claro que aquilo é sexo, apenas sexo, sem nenhum significado emotivo.

Os mundos dessas duas pessoas tão diferentes irão colidir, e algo nunca visto nem sentido antes pelos dois irá nascer. Tudo irá mudar em suas vidas, e ele sdevem estar dispostos a rever suas opiniões de como cada um leva sua vida.

Agora,com Mark,o sexo acontecia em uma dimensão totalmente diversa.Eu me sentia…Eu não fazia ideia do que sentia.”

Jenna e Mark estão frente a frente com o amor, mas não se renderão facilmente à ele, principalmente por ele ser tão diferente do que ambos imaginavam. Jenna não consegue mais ficar longe de Mark, mas o tempo está acabando e a viagem à Vancouver também. Será que ela finalmente conseguirá deixar que um homem entre em sua vida novamente e a faça ver que nem todos são perversos como seu ex namorado Travis?

Você tinha ilusões românticas sobre o cara errado. Não sobre o amor. Você disse que ele traiu você. Ao que me parece, se uma pessoa ama a outra, não tem vontade de fazer sexo com mais ninguém. 

Confesso que algumas vezes fiquei irritada com Jenna por causa de seu comportamento. Ela não dava uma nova chance ao amor e achava que todos os caras a fariam sofrer por causa de uma escolha errada no passado, e por isso não quer mais viver uma vida a dois. Mark também não é um cara convencional, mas acredita na monogamia e na fidelidade, motivo pelo qual eles brigam praticamente o livro todo.

O livro tem muitas cenas de romance, divertidas, sérias e intensas. Um ótimo livro e uma leitura super rápida. A Editora Gente está de parabéns pela revisão feita, a diagramação está perfeita! Nem preciso falar da capa, não é? Simplesmente linda, foi amor a primeira vista. Gostei muito da história, e pretendo logo ler os outros três livros. Jenna e Mark são um casal cativante, que mesmo ficando bravo várias vezes com eles no decorrer da história, não deixamos de torcer pra que no fim eles mudem de opinião e tudo dê certo.

Mas gosto de pensar que, embora o amor não te deixe cego em relação a outras pessoas, você não corre atrás de qualquer atração que sente. Porque tem algo mais importante e profundo com a pessoa por quem é apaixonado. Você quer construir algo com ela e, se continuar se distraindo com outras pessoas, isso não vai acontecer. Vai simplesmente ser sempre algo superficial.  



You May Also Like

7 comentários

  1. Achei a resenha muito interessante, e como eu adoro séries, com certeza essa já está na minha lista de desejada. Fiquei muito curiosa pra ler o livro e saber o desfecho da história. Bjokas =D

    ResponderExcluir
  2. Li um dos volumes dessa série e curti bastante.
    Ansiosa pelos outros.

    ResponderExcluir
  3. Ai meu Deeeeus, que interessante, Oh God!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Não faz muito meu tipo de livro para passar as ferias lendo, mas o leria na boa.

    ResponderExcluir
  5. Eu leria ele mas não agora, quem sabe ano que vem?!

    ResponderExcluir
  6. Parece incrível!
    doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir