Tecnologia do Blogger.

Sobre nós

Editoras Parceiras

Curta nossa página

Resenha #57 - O Inferno de Gabriel

by - domingo, março 23, 2014

Nome do livro: O Inferno de Gabriel
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411263
Páginas: 511
Nota: 
Encontre-o: Skoob | Orelha de Livro
Compre-o: Saraiva | Submarino | Americanas

A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher. 

Sinopse: Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

Feridas podem se fechar e talvez até sejamos capazes de nos esquecer delas com o tempo, mas as cicatrizes são para sempre.


Ela seria capaz de fazer qualquer coisa por Gabriel, aquele homem com quem havia passado a noite no bosque, se ele lhe desse o menor sinal que a desejava. Desceria ao inferno e o procuraria até encontrá-lo. Arrombaria os portões e o arrastaria de volta.

Quando Julia Mitchell vai para a Universidade de Toronto se especializar no escritor renascentista Dante Alighieri, sabe que não será fácil. Não apenas por estar prestes a começar sua pós-graduação, mas principalmente por causa do poderoso e enigmático professor Gabriel Emerson, um dos maiores especialistas no assunto... e dono de seu coração desde os 16 anos.

Mesmo tendo se passado sete anos desde seu encontro com Emerson no bosque da casa de sua família, ela nunca o esquecera, e seu coração sempre pertencera à ele, mesmo que ele não soubesse. Depois da noite em que passaram juntos, Julia nunca mais o viu, mas ele estivera presente todos os dias em seu pensamento, e ela aguardava ansiosa o momento do reencontro. Pensava no que ele diria, sentiria e demonstraria ao vê-la novamente...

Quando decide ir para a Universidade de Toronto, sabe que terá de enfrentar seu passado e confrontá-lo por tê-la deixado o esperando pela manhã na noite em que estiveram juntos, mas nada a prepararia para o que viria a seguir...

Julia, uma jovem doce e ingênua, começa a frequentar as aulas do professor Emerson, um homem sedutor, com um ar misterioso e muito, muito arrogante. E logo perde toda a esperança que lhe restara de que ele a reconheceria mesmo após todo aquele tempo. Os dias vão se passando, e a única coisa que Gabriel demonstra sentir por Julia, é desprezo. Sempre fazia questão de humilhá-la quando uma oportunidade surgia, mas nem ele mesmo entendia o porquê dessa necessidade.

Depois de quase expulsá-la de suas aulas e a fazer procurar um novo orientador, os dois começam a passar um tempo maior juntos, fora da Universidade. Mas não por opção. Emerson sentia pena pela situação precária em que Julia vivia, um apartamento minúsculo, onde não havia nem cozinha, se alimentava mal, poucas vezes comendo carne. Isso fez com que Gabriel tivesse uma necessidade quase neurótica de cuidar dela, mas ele não conseguia entender de onde vinha aquilo tudo...

Quando ele finalmente descobre quem Julia é e se lembra dela, ele justifica dizendo que não a tinha reconhecido antes, pois não sabia se a noite em que passaram juntos havia sido real ou apenas um sonho, em que ela aparecia como um anjo para ele. Depois disso, os dois passam a se encontrar com uma regularidade maior, praticamente todos os dias. Mas sempre procuravam ser discretos, pois uma das principais regras da universidade, diz ser proibido um relacionamento amoroso e sexual entre alunos e professores.

Desse modo, os dois tentam ser o mais profissional possível em público, para que Julia e nem Emerson tenham problemas. O semestre está acabando, e quando isso acontecer, os dois poderão se envolver a vontade, pois Gabriel não será mais seu orientador.

Mas quando a vontade de estar próximos supera qualquer coisa, conseguirão os dois esperar até o fim do semestre e manter a discrição do relacionamento entre eles? Problemas, discórdias e brigas aparecerão para testar o quão sólido é o amor que um diz sentir pelo outro. Poderá o professor Gabriel Emerson, conhecido por seu coração de gelo e arrogância, se deixar derreter por uma mera doce estudante?

- Somos uma dupla e tanto, não? Com nossas cicatrizes, nossas histórias e todos nossos problemas. Um romance trágico, imagino. - Ela sorriu, tentando fazer graça da situação deles.
 - A única tragédia seria perder você. - disse ele, beijando-a de leve.
 - Você só vai me perder se deixar de me amar.
 - Então sou um homem de sorte, pois ficarei com você para sempre.


– Obrigada – sussurrou ela.
– Obrigado, Julianne, por me ensinar a amar. 

You May Also Like

6 comentários

  1. Li esse livro e gostei da trama, apesar de um pouco enrolada e cheia de clichês foi um ótimo tema. Nunca li um romance em que envolvia professor e aluno e foi isso que me interessou a ler-lo. Parabéns pela resenha .
    http://migre.me/huvJU

    ResponderExcluir
  2. Essa capa é muito bem feita, a única coisa que não gostei da leitura foi a narrativa, achei descritiva demais.

    ResponderExcluir